Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Bullying - Provocações Sem Limites

Bullying
(2009) 93 min (16 anos)



Espanha - Jordi perdeu o pai há 2 meses e mudou-se com a mãe para outra cidade, onde imaginam começar vida nova. Educado, bom aluno, ágil jogador de basquete e um filho carinhoso, o adolescente é sossegado e cumpridor dos deveres. A mãe Júlia é médica e frequentemente dá plantões no hospital, enquanto Jordi fica em casa com a cadela Birria, única companhia do isolado estudante.

No primeiro dia de aula Jordi responde corretamente às perguntas do professor de matemática. Mais tarde, na quadra de esportes, mostra um ótimo desempenho no basquete. Isso basta para despertar raiva e inveja em Nacho, um mau aluno que só se destaca na aula de educação física.

Habitualmente espancado pelo próprio pai, Nacho transformou-se de vítima em agressor, liderando um grupo que passa a infernizar a vida de Jordi. Humilhações e espancamentos tornam-se parte de sua rotina diária. Nem Birria escapa do sadismo do grupo. Para não preocupar a mãe que se recupera de uma depressão, Jordi guarda silêncio enquanto a violência se intensifica. Alguns colegas de turma, chocados pelo comportamento dos agressores, também se calam com medo de represálias.

O filme torna bastante real o assédio escolar e cria momentos de muita angústia, portanto não é o ideal para se assistir num dia triste, mas é importante para conscientização do problema por parte de alunos, pais e professores.



Diretor: Josetxo San Mateo
Roteiro: Ángel Garcia Roldán
Fotografia: Núria Roldos
Elenco: Albert Carbó, Joan Carles Suau, Yohana Cobo, Carlos Fuentes, Maria de la Pau Pigem
Distribuidora: Paris Filmes

Bullying
são intimidações verbais, emocionais ou físicas, intencionais e repetitivas, por parte de um indivíduo ou grupo. O bullying é a principal causa de fobia escolar e precisa ser coibido imediatamente para evitar desdobramentos mais graves. Nem sempre os agressores (bullies) são eles mesmos vítimas de espancamento doméstico, como no filme. Muitas vezes são crianças mimadas ou negligenciadas, que não desenvolveram noção de limites, respeito ou empatia pelo próximo. Frequente nos colégios em todos os tempos, só recentemente o bullying ganhou nome e despertou a atenção da escola, depois do alerta dado por pediatras e psicólogos.

Muitas instituições educacionais implementaram campanhas anti-bullying. Estudos feitos nos EUA, Inglaterra e Noruega mostram que esses programas são efetivos, enfatizando a cooperação entre os estudantes. As iniciativas focalizam a conscientização e supervisão, estabelecendo regras claras e providenciando apoio e proteção às vítimas. O fenômeno do bullying está bem explicado no trabalho da pesquisadora Cleodelice Aparecida Zonato Fante, autora do Programa Educar para a Paz. Em 2005, o médico Aramis Lopes Neto publicou artigo sobre o tema da violência escolar no Jornal de Pediatria.

Na semana passada, o Conselho Nacional de Justiça lançou uma cartilha para prevenir o bullying nas escolas, de autoria da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva. A cartilha será distribuída nas redes de ensino público e privado, além de conselhos tutelares e varas da infância e juventude. É possível baixá-la no site do Guia do Estudante.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner