Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Um Sonho de Amor

Io Sono l'Amore *
(2009) 120 min (16 anos - cenas de nudez e sexualidade)

Italia, Milão - A tradução do título italiano é Eu Sou o Amor, tirado de uma linha da ária La Mamma Morta (1896),  de Umberto Giordano. No filme de Luca Guadagnino, a personagem Emma Recchi (Tilda Swinton) poderia representar o amor. Discreta, dedicada, atenta ao bem-estar da família e das pessoas próximas, está sempre pronta a agradar e servir. Emma cumpre à risca os deveres do papel de esposa de Tancredi, rico empresário milanês do setor de tecidos.  Mãe de três filhos adultos -  Edoardo,  Elisabetta e Gianluca - vivendo confortavelmente na mansão dos Recchi, conta com a ajuda da fiel Ida e de uma equipe de empregados. Tem a sua disposição muito mais do que o necessário. 

Mas a elegante Emma não é feliz, está meio morta emocionalmente, como revela seu sorriso melancólico. Quando ela se expressa é através da cor vibrante de alguns vestidos. Nascida na Russia como Kietish, sua alma apaixonada foi domesticada pelas maneiras contidas da sogra Allegra e de Tancredi, que a rebatizou como Emma. A esposa parece deslocada em meio aos rituais familiares e ao luxo dos amplos espaços da villa italiana.

Tudo muda quando ela conhece Antonio, amigo de Edoardo e seu futuro sócio num restaurante. O chef prepara pratos deliciosos que despertam os sentidos de Emma de uma prolongada letargia. Ambos têm em comum o gosto pela cozinha e se sentem imediatamente atraídos um pelo outro. O perigo ronda a aparente felicidade da família Recchi.

Cenário e figurinos magníficos, além da música majestosa de John Adams, são os destaques de Um Sonho de Amor. A beleza da Villa Necchi Campiglio, mansão da década de 30 escolhida como lar dos Recchi, é digna das melhores páginas da revista Architectural Digest. Tilda Swinton comentou que foi uma locação perfeita porque buscavam uma casa que fosse 'parte palácio, parte museu e parte prisão'. A comida foi inspirada pela cozinha de Carlo Cracco, proprietário do restaurante milanês Cracco Peck

Diretor: Luca Guadagnino
Roteiro: Luca Guadagnino & Barbara Alberti & Ivan Cotroneo & Walter Fasano
Musica: John Adams
Fotografia: Yorick Le Saux
Elenco: Tilda Swinton, Flavio Parenti, Edoardo Gabbriellini, Alba Rohrwacher, Pippo Delbono, Diane Fleri, Maria Paiato, Marisa Berenson, Gabriele Ferzetti, Waris Ahluwalia, Mattia Zaccaro
Cenario: Monica Sironi
Figurino: Antonella Cannarozzi
Distribuidora: Paris Filmes
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner