Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sábado, 18 de maio de 2013

A Viagem

Cloud Atlas * *
(2012) 172 min (16 anos)
Não importa se nascemos de um tanque ou de um útero; somos todos Puro-sangue.

Sob o céu estrelado, o velho Zachry desabafa diante da fogueira que ilumina a profunda cicatriz em sua face esquerda: "- Oh noite solitária. E os bitolados berram. O vento congela os ossos. Um vento como esse, cheio de vozes. Aos gritos, os ancestrais contam histórias, todas as vozes unidas em uma só."

1ª história: Em 1849, numa Ilha do Pacífico, o advogado Adam Ewing celebra um contrato com o reverendo Horrox. Contra a sua consciência, Ewing representa os interesses do sogro no mercado de escravos. Sufocado pelo calor e pela emoção ao assistir a cena do chicoteamento de um nativo Moriori, o advogado desmaia. 

2ª história: Em 1936, o inglês Robert Frobisher deixa a companhia de Rufus Sixmith para ajudar o compositor Vyvyan Ayrs a escrever sua última obra. Na mansão do famoso músico, Robert compõe o magnífico sexteto "Cloud Atlas". Nas horas livres, lê o diário de Adam Ewing e escreve para Sixmith.

3ª história: Em 1973, o físico Rufus Sixmith conhece a jornalista Luisa Rey num prédio da cidade de São Francisco, Califórnia. Os dois ficam presos um bom tempo no elevador e aproveitam para conversar. Posteriormente, Luisa encontra as cartas de Robert Frobisher para Sixmith enquanto procurava o relatório onde o físico apontava falhas num projeto de reator nuclear. 

4ª história: Em 2012, o editor Timothy Cavendish precisa fugir dos perigosos parentes de um escritor a quem deve dinheiro. Na viagem de trem para seu esconderijo, Timothy lê um manuscrito que lhe foi enviado: "Half Lives: The First Luisa Rey Mistery", uma versão romanceada da terceira história. Cavendish descreverá suas próprias aventuras num livro que vira bestseller. 

5ª história: Em 2144, Somni-451 é um clone fabricante, criado para trabalhar no restaurante de fast food Papa's Song, em Nova Seul. O propósito de sua existência, como a de suas colegas, é servir comida aos clientes. Morando em vãos na parede e jamais deixando o restaurante, os clones personificam o moderno tipo de escravidão. Sonmi descobre o cinema quando uma amiga a leva aos achados e perdidos do Papa's Song. Ali escondidas, as duas assistem num celular ao fragmento do filme "The Ordeal of Timothy Cavendish". O rápido segmento planta nas clones o desejo de lutar contra as injustiças, a partir da frase do personagem Cavendish no tribunal: "Não me sujeitarei a abuso criminoso". Somni une-se à resistência para divulgar um Manifesto sobre a verdade para toda a Terra e colônias em outros mundos.

6ª história: Em 2321, cento e seis anos após a Queda, quando Nova Seul foi invadida pelo mar, Zachry mora com sua irmã e sobrinha numa sociedade primitiva chamada o Vale. Os membros da tribo adoram Somni e fogem dos terríveis canibais Kuna. A vila recebe a visita de Menomyn, que pertence à evoluída comunidade dos Prescientes. Meronym precisa de um guia para atingir Cloud Atlas, uma estação de transmissão escondida nas montanhas, depois do território dos Kunas. A Presciente deseja enviar uma mensagem de socorro às colônias em outros planetas. Mesmo contrariado, Zachry parte nessa perigosa missão.

Como sugere Timothy Cavendish, vale a pena ter um pouco de paciência enquanto o roteiro de "A Viagem" vai e volta entre uma história e outra, dando um nó em nosso entendimento. Impressionante para uma produção independente, essa fascinante viagem custou 102 milhões de dólares, muito bem gastos. Meus segmentos favoritos foram os que retratam o futuro, como convém a uma fã de filmes de ficção científica. Nem sempre foi perceptível o alinhavado das histórias através dos vídeos e escritos. As cenas rápidas não permitiam acompanhar tantos detalhes, mas nada que não se resolva depois, adiantando e atrasando o DVD, assistindo mais uma vez. Alguns personagens apresentam um sinal de nascença com a forma de um cometa - são aqueles que se destacam pela ânsia de liberdade.

"A Viagem" é uma belíssima, sofrida e imaginosa trajetória sobre a busca da verdade e a luta pela liberdade em todos os tempos. A variedade e beleza dos cenários tornaram muito difícil selecionar as fotos para o blog. Vejam o filme! O americano Roger Ebert deixou uma crítica entusiasmada sobre "A Viagem". No site da Wikipedia, em inglês, há um quadro que mostra os vários personagens interpretados por cada um dos artistas principais. 


Diretores: Tom Tykwer, Lana e Andy Wachowski
Roteiro: Tom Tykwer, Lana e Andy Wachowski, baseado no livro "Cloud Atlas" de David Mitchell
Musica: Tom Tykwer, Johnny Klimek, Reinhold Heil
Fotografia: Frank Griebe, John Toll
Elenco: Tom Hanks, Halle Berry, Jim Broadbent, Susan Sarandon, Hugh Grant, Jim Sturgess, Doona Bae, Hugo Weaving, Ben Whishaw, James D'Arcy, Keith David, David Gyasi, Zhou Xun
Distribuidora: Imagem Filmes

*** excelente
** ótimo
* bom
Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner