Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Django Livre

Django Unchained * *
(2012) 166 min (16 anos)

EUA, 1858 - Dois anos antes do início da Guerra Civil, o dentista alemão King Schultz conduz seu cavalo Fritz à frente de uma carroça fechada, adornada com um enorme dente branco no teto. Essa visão baloiçante costuma intrigar os passantes e dá uma vantagem ao engraçado doutor. No momento, Schultz busca o escravo Django, única pessoa que pode ajudá-lo a identificar os criminosos irmãos Brittle, já que o precioso dentista mudou de profissão e tornou-se um caçador de recompensa. Em troca da ajuda, o alemão oferece a Django sua liberdade, além de uma participação no prêmio. O escravo aceita porque tem como principal objetivo encontrar e comprar a alforria de sua esposa Broomhilda von Shaft, de quem foi violentamente separado. O dr. King fica encantado pela história da escrava com nome de princesa alemã e conta a Django sobre a lenda de Brünnhilde, como foi envolvida por um círculo de fogo e resgatada pelo herói Siegfried. Juntos, europeu e americano, partem na sua própria jornada heroica.

Se os filmes do Tarantino não pingassem tantas cenas sangrentas, ainda gostaríamos deles? De minha parte acho que sim, talvez gostasse ainda mais. Chega um momento em que tanto sangue espalhado repugna, mas tudo o mais é tão espetacularmente bom, que compensa com sobra. Como já é tradição nos filmes de QT, "Django Livre" traz uma história emocionante, cenografia e fotografia perfeitas, músicas deliciosas, direção precisa, excelentes desempenhos de artistas bem selecionados e toques de humor, além do charme da presença do diretor numa cena secundária. Em meio ao marasmo de semanas de filmes medíocres, chegou com a força explosiva de uma bofetada. "Django Livre" levou dois Oscars e o BAFTA de Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coadjuvante para Christoph Waltz, como o impagável e cômico dr. King Schultz. Franco Nero, marido de Vanessa Redgrave e ator de tantos western spaghetti, faz uma ponta como Amerigo Vessepi. Para quem tiver fôlego, vale a pena ler a crítica de Roger Ebert sobre o filme.
Broomhilda von Shaft

Diretor: Quentin Tarantino
Roteiro: Quentin Tarantino
Fotografia: Robert Richardson (Kill Bill, Bastardos Inglórios, Ilha do Medo, O Encantador de Cavalos, Platoon)
Elenco: Christoph Waltz, Jamie Foxx, Leonardo DiCaprio, Samuel L. Jackson, Kerry Washington, Walton Goggins, Don Johnson, Dennis Christopher, Franco Nero, James Remar, Dana Gourrier, Nichole Galicia, Laura Cayouette, Bruce Dern, Quentin Tarantino
Distribuidora: Sony Pictures

*** excelente
** ótimo
* bom
Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner