Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Pais e Filhos

Soshite chichi ni naru * * *
Like Father, Like Son
(2013) 121 min (Livre)

pais e filhos
Japão - Obcecado pelo trabalho, o esforçado arquiteto Ryota Nonomiya vive confortavelmente num elegante apartamento de Tóquio, com a mulher Midori e o filho de 6 anos, Keita. Desejando para o menino um futuro de sucesso, Ryota exige que aprenda piano e coloca-o num cursinho que prepara para os melhores colégios particulares da cidade. Dócil, o menino faz de tudo para agradar o pai, inclusive inventar que os dois acampam e empinam pipa juntos, porque os instrutores do cursinho disseram que isso contava pontos na entrevista da escola. 

No exame físico necessário para a admissão no colégio particular, Ryota e Midori descobrem que não são os pais biológicos de Keita, pois seu sangue é incompatível com o do menino. Seu filho biológico foi trocado no berçário do Hospital de Maebashi e está sendo criado junto com as outras crianças da família Saiki, modestos comerciantes da pequena cidade. 

A primeira reação de Ryota ao ficar a sós com a esposa foi: "Agora está tudo explicado" - afinal o arquiteto não valorizava a mansidão de Keita, desejava que fosse mais competitivo. Midori sofre por antecipação diante da perspectiva de se afastar do menino que ela ama profundamente. Para Midori não existe a "força do sangue", mas a dos laços construídos. As duas famílias começam a conviver e considerar a difícil decisão de trocar as crianças, como foi sugerido pelo Hospital.

Como cada um de nós resolveria esse dilema, criar seu filho biológico ou seu filho do coração? Meu marido não teve dúvida, criaria aquele que o destino colocou sob seus cuidados. "Pais e Filhos" focaliza especialmente a situação do casal Nonomiya e a transformação por que passa o estressado Ryota, ao ser confrontado com Yudai Saiki, um pai que dedica tempo aos filhos e acredita ser essa sua missão mais importante. É uma belíssima obra do diretor Hirokazu Kore-eda, para ser vista e revista, premiada pelo Juri Ecumênico em Cannes, além ser escolhida como Melhor Filme pelas audiências dos Festivais Internacionais de San Sebastián e de São Paulo, em 2013. 

Curiosidade:
* Dreamworks Studios adquiriu os direitos de refilmagem de "Pais e Filhos" depois que o filme chamou a atenção de Steven Spielberg, em Cannes.

Diretor: Hirokazu Kore-eda (O Que Eu Mais Desejo, Ninguem Pode Saber, Depois da Vida)
Roteiro: Hirokazu Kore-eda
Musica: Shin Yasui, Takeshi Matsubara, Junichi Matsumoto, Takashi Mori
Fotografia: Mikiya Takimoto
Diretor de Produção: Keiko Mitsumatsu
Elenco: Masaharu Fukuyama (Ryota), Machiko Ono (Midori), Keita Ninommiya (Keita), Rirî Furankî (Yudai), Yôko Maki (Yukari), Shôgen Hwang (Ryusei)
Distribuidora: Imovision

*** excelente
** ótimo
* bom

Sem Asterisco - interessante

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner