Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

De Coração Partido

Like Dandelion Dust *
(2009) 104 min (14 anos)

EUA - A polícia recebeu um chamado e dois oficiais chegam numa viatura à casa dos Porter. Rip abre a porta com dificuldade pois está completamente embriagado. Um policial fica com ele, enquanto o outro procura por Wendy Porter dentro da casa. De cômodo em cômodo, o oficial chama pela senhora Porter e não recebe resposta. Por fim, ele encontra Wendy sentada ao chão, no fundo do corredor, assustada, com o rosto machucado e o braço quebrado. 

Rip é levado preso e passa 7 anos encarcerado. Na cadeia consegue se livrar do vício da bebida e aprende algumas técnicas de domínio da raiva. Quando é libertado, Wendy está esperando por ele. Os dois saem para comemorar, dançam e se divertem como nos velhos tempos.

Wendy conta ao marido que estava grávida quando ele foi para a cadeia. Insegura quanto a sua capacidade de cuidar de uma criança sozinha, assim que o bebê nasceu foi entregue para adoção. Mas Rip não assinou papel algum e quer começar uma família. O próximo passo é anular o procedimento e lutar pela guarda do menino que, agora com 6 anos, desconhece ter sido adotado. A privilegiada família Campbell se organiza em torno do pequeno Joey. Morando numa luxuosa casa na costa da Flórida, ele tem carinho, conforto, segurança e nenhuma vontade de se afastar dos pais que o criaram. Mas, para a Justiça, os direitos prevalecem sobre os sentimentos. O que o destino reserva a Joey Porter/Campbell?

De Coração Partido fiquei eu, assistindo ao filme do diretor Jon Gunn. Separação de mãe-filho está no topo entre os temas dramáticos que abrem meu reservatório de lágrimas. Ao escolher Barry Pepper como o operário Rip Porter, o diretor me deixou intranquíla, pois o ator canadense já personificou alguns vilões cruéis e o cinema americano tinha o hábito de fazer os artistas interpretarem sempre os mesmos tipos. Na volta do trabalho, Rip passava com a caminhonete em frente à uma loja de bebidas. Ao ver o anúncio 'Liquor' me voltava a apreensão - é agora que ele vai comprar uma garrafa, beber e espancar de novo a mulher! Foi comovente assistir seu esforço de superação, a tentativa de ser o pai que ele não teve, seu trabalho na pintura do quarto e na construção de um clube na árvore. O resto, só vendo.

Mira Sorvino está esplêndida no papel de Wendy. É um filme pouco divulgado, mas muito premiado em diferentes festivais de cinema. Relevante para mostrar a importância do papel das assistentes sociais nos procedimentos de adoção e o efeito que nossas ações podem ter sobre os outros, para o bem e para o mal.

Diretor: Jon Gunn
Roteiro: Stephen J. Rivele & Michael Lachance, baseado no livro de Karen Kingsbury
Musica: Nathan Larson
Fotografia: Reynaldo Villalobos
Elenco: Mira Sorvino, Barry Pepper, Cole Hauser, Kate Levering, Maxwell Perry Cotton, L. Scott Caldwell, Abby Brammell, Kirk B. R. Woller, Brett Rice 
Distribuidora: Paris Filmes
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner