Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Canção para Marion

Song for Marion *
(2012) 90 min (14 anos)

Inglaterra - O rabugento aposentado Arthur não sabe se relacionar com as pessoas. Só sua esposa Marion consegue ler dentro de seu coração. Ela está com um câncer terminal e se preocupa com o futuro do marido, que não é capaz sequer de se comunicar com o filho único.  Mesmo achando um esforço absurdo para a saúde frágil da mulher, Arthur leva Marion para ensaiar no coral de idosos onde ela fez muitos amigos, a começar pela professora Elizabeth. Com a morte da esposa, Arthur se isola completamente do mundo, mas gosta de ficar escutando os ensaios do coral do lado de fora da janela. Um dia Elizabeth convida-o a entrar.

Como se explica que as melhores notas recebidas por "Canção para Marion" no site imdb tenham sido dadas pelas jovens de menos de 18 anos (8,1)? Acho que conta a disposição alegre dos cantores idosos, um grupo de avós que todo adolescente gostaria de ter. Quero ficar bem velhinha assim, levando os achaques com leveza, tendo projetos de vida, amigos e canções até o fim. Conheço uma artista desse feitio. Quando pequenos, meus primos e eu éramos fascinados por Henriqueta Dora, nossa querida Manta, que nos contava histórias e trazia cigarros de chocolate com fósforos de marzipan. Hoje me considero amiga da intrépida Dorée Camargo Corrêa, como é mais conhecida, uma suave pintora e escultora, amiga da natureza, que, apesar das limitações da idade, participa ativamente de várias associações, em defesa da arte e da ecologia. 

Alguns críticos sisudos fizeram pouco de "Canção para Marion", julgando que os velhinhos pareciam uns bobos alegres. Prefiro a simplicidade das mocinhas adolescentes e sua opção pela felicidade, e recomendo o filme aos mais benevolentes, que não se importam de misturar sorrisos e lágrimas. Terence Stamp se sai bem no papel do rabugento empedernido.

Diretor: Paul Andrew Williams
Roteiro: Paul Andrew Williams
Musica: Laura Rossi
Fotografia: Carlos Catalán
Elenco: Terence Stamp, Vanessa Redgrave, Gemma Arterton, Anne Reid, Barry Martin, Taru Devani, Chritopher Eccleston, Brian Shelley, Bill Thomas
Distribuidora: Paris Filmes

*** excelente
** ótimo
* bom
Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner