Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sábado, 29 de março de 2008

A Ponte


The Bridge *
(2006) 94 min (12 anos)

Entre a pilha de filmes no balcão da locadora, este documentário logo se destacou. A Golden Gate Bridge, uma das mais belas pontes do mundo, cercada pela bruma de São Francisco. Já tive a satisfação de admirá-la de perto e fotografá-la. Mas, ao ler o tema, quase recuei: suicídio. No final, a força das imagens venceu e eu o levei comigo para casa. Não me arrependi.

A ponte liga dois pontos, mas , para uns poucos, é o ponto de chegada. São 69 metros do topo, até chegar às águas azuis. Este documentário traz a dor dos que vivem e morrem sem esperança, ao lado da alegria dos que aproveitam o lindo espaço para pintar, praticar esportes e correr junto com os cachorros. Perturbador. Há o depoimento de parentes, amigos e de um sobrevivente. O que faz as pessoas se desligarem assim da vida? Não há respostas neste documentário.
A personagem principal é a Ponte Golden Gate e a fotografia de Peter McCandless. Que artista! Sob a direção de Eric Steel (produtor de "Shaft" e "As Cinzas de Ângela"), a Golden Gate vai do cobre ao azul cinzento, brilha nos dias ensolarados e se esconde sob a névoa. A equipe gravou a maioria dos 24 suicídios que ocorreram no ano de 2004 (e conseguiu prevenir outros). Como diz a capa: "É um documentário profundo e poético." Escolhi o filme pela capa!

Diretor: Eric Steel
Fotografia: Peter McCandless



comentários de Samantha Nogueira, na página de Sidney Rezende:
"o diretor Eric Steel teve que enganar as autoridades locais dizendo que seu filme iria retratar a interação da belíssima ponte com o cenário natural que a rodeia – a Baía de São Francisco. Os policias acreditaram e graças a esta mentirinha, o diretor e sua equipe puderam filmar o seu verdadeiro objetivo: capturar os diversos suícidios que ocorriam na ponte.Trocando as fitas das câmeras de hora em hora, Eric Steel e sua equipe conseguiram capturar 23 suicídios. Também filmaram um homem salvando a vida de uma moça segundos antes de ela pular.

Parece sinopse de filme de terror, mas não é. Essa é a história do documentário “The bridge”, que mostra um lado sombrio da Golden Gate. Ela não é somente uma belíssima ponte laranja em São Francisco, Califórnia; é também um dos lugares mais escolhidos por pessoas que querem acabar com suas vidas. (...)

Enquanto ficavam de tocaia, os cinegrafistas carregavam celulares para que pudessem ligar para as autoridades e avisá-los de possíveis incidentes. Graças a isso, conseguiram evitar a morte de seis pessoas. O documentário também revela a grande variedade de nacionalidades das pessoas que se jogam da ponte, que parece exercer uma fascinação inexplicável sobre elas. Essa prática é conhecida como “turismo trágico”. (...)

Apesar de o filme tratar do difícil tema que é a morte e o desespero que leva pessoas a desejarem se matar, o documentário também oferece uma reflexão sobre a vida. A dos familiares e amigos das suicidas e também sobre a vida dos que foram salvos. O filme não traz muitas respostas; pelo contrário, deixa muitas perguntas no ar. Talvez a mais importante delas: por que, durante todas as tentativas de suicídio, apenas duas pessoas se prontificaram a tentar salvar os que estavam quase a se jogar para a morte?“The bridge” é um filme cheio de controvérsias que trata do desespero generalizado que domina o homem moderno. É marcante, mas não é para qualquer um.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner