Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sábado, 22 de agosto de 2009

A Partida

Okuribito * * *
Departures
(2008) 130min (12 anos)


Japão - Do nevoeiro surge um carro com os faróis acesos. Dentro do veículo, dois homens vestidos em ternos escuros. O mais jovem pensa: "Faz quase 2 meses que voltei de Tóquio para Yamagata. Agora percebo como minha vida foi inexpressiva até hoje. (...) Poderei fazer deste o trabalho de minha vida?"

Daigo Kobaiashi ficou desempregado quando a orquestra em que tocava violoncelo foi dissolvida. Sorridente, a esposa Mika concordou em acompanhá-lo de volta à cidade natal, onde não precisariam pagar aluguel. Chegando a Yamagata, Daigo apresenta-se para uma entrevista de emprego numa agência de viagens. Isso é o que ele pensa; mas qual o destino dos clientes da NK? O salário oferecido compensa, o trabalho de "Nokanshi" é feito com elegância, a família dos clientes fica agradecida, mas o desprezo dos próprios amigos entristece o violoncelista.

O jovem músico guardou a dor de ter sido abandonado pelo pai, quando estava com 6 anos. A convivência com o chefe Sasaki, cuja arte e personalidade impressionam Daigo, supre a carência paterna e torna o emprego mais atraente. Tratar com respeito "os que partem" ajuda Kobaiashi a encontrar o sentido da vida e do perdão. "A Partida" toca a sensibilidade com humor. O elenco é impecável, a fotografia belíssima e o ritmo perfeito. O detalhe dos gansos que chegam e que partem, a pedra-carta, a cerejeira em flor, são cenas que enriquecem o Melhor Filme Estrangeiro para o Oscar de 2009.

Diretor: Yojiro Takita
Roteiro: Kundo Koyama, baseado no romance Coffinman de Shinmon Aoki
Música: Joe Hisaishi
Fotografia: Takeshi Hamada
Elenco: Masahiro Motori, Ryoko Hirosue, Tsutomu Yamazaki, Kazuko Yoshiyuki, Kimiko Yo, Takashi Sasano
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner