Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Bebê de Outubro

October Baby *
(2011) 108 min (12 anos)

EUA - Abrem-se as cortinas, Hannah entra no palco... momentos depois, ela se vê caída ao chão. Todos os exames médicos apontam para seu difícil nascimento como causa para o desmaio. O diagnóstico médico não se compara a sua descoberta: Hannah foi adotada, após uma tentativa de aborto malsucedida. Com esse conhecimento, ela parte em busca de sua mãe biológica. Perplexa, confusa, irritada, a jovem viaja em companhia do amigo de infância Jason. Nessa busca para descobrir sobre seu passado, e encontrar motivos de esperança no futuro, Hannah percebe que a vida extrapola nossos projetos pessoais e que o perdão é uma força renovadora. (adaptação da capa do DVD)

Na cena de abertura de Bebê de Outubro fiquei desconfiada. Crianças correndo de mãos dadas no campo, em câmera lenta, enquanto se ouve uma musiquinha sentimental ao fundo. Pensei, "não vou aguentar até o fim". Mal sabia eu o quanto de emoção o filme me reservava, seja pelo drama, inspirado na vida de Gianna Jessen, seja pelos depoimentos sinceros e comoventes reunidos nos extras. Assistam cada um!

Gianna Jessen, vibrante sobrevivente de um aborto malsucedido, nasceu contra a vontade de todos em 6 de abril de 1977, em Los Angeles. Hoje é uma jovem senhora que adora dar risada e faz palestras pelo mundo, falando em defesa dos direitos das crianças por nascer. Alguém sabia que existem sobreviventes de aborto? Durante muito tempo as crianças que não morriam durante o procedimento eram deixadas de lado, até que não resistissem à falta de cuidados - quando não eram estranguladas ou sufocadas. Em 5 de agosto de 2002, o presidente Bush assinou o Ato de Proteção da Criança Nascida Viva (ele não fez só coisa ruim, afinal!). Esses são fatos importantes que precisam ser conhecidos. Por isso, e pelas atuações sinceras do elenco, especialmente Hannah e sua mãe biológica, Bebê de Outubro é um filme imperdível; lembra que os dramas humanos só viram tragédia quando não há alguém com quem partilhar. A psicóloga Patrícia de Araujo Santos fez uma bela análise do filme em seu blog Psicologia e Cinema, vale a pena conhecer.

Curiosidade:
* De acordo com pesquisa de Willard Cates, diretor do Abortion Surveillance Branch of the Centers for Disease Control (1981), eram relatados ao CDC anualmente entre quatrocentos a quinhentos nascimentos de bebês vivos em procedimento de aborto, e ele acreditava que eram muitos mais.

* As circunstâncias específicas do nascimento de Hannah e seu irmão gêmeo basearam-se num caso verídico de 1991, acontecido em Nova Iorque. Leia a respeito na trivia do site imdb.

Os produtores de October Baby destinaram 10% dos lucros do filme para o Fundo Every Life Is Beautiful, que distribui recursos para organizações que ajudam grávidas em situação de crise, agências de adoção pro-vida e outras que cuidam de órfãos.

Diretor: Andrew e Jon Erwin
Roteiro: Jon Erwin e Theresa Preston
Musica: Paul Mills
Fotografia: Jon Erwin
Elenco: Rachel Hendrix, Jason Burkey, John Schneider, Jennifer Price, Shari Rigby, Jasmine Guy, Rodney Clark, Colleen Trusler, Chris Sligh, James Austin Johnson
Distribuidora: BV Films

 "God is using Gianna to remind the world that each human being is precious to Him" (Madre Teresa)


Gianna Jessen na Australia

Sem Asterisco - interessante
* bom
** ótimo
*** excelente
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner