Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

domingo, 2 de junho de 2013

A Filha do Pai

La Fille du Puisatier *
(2011) 109 min (12 anos)

França - Uma jovem caminha pelo campo coberto de flores vermelhas, carregando uma cesta de palha. Dentro da cesta está a polenta que Patrícia Amoretti preparou para o almoço do pai Pascal. Chegando à beira de um riacho, a bela Patrícia vai tirar os sapatos quando é impedida por um desconhecido. O jovem de roupas claras é Jacques Mazel, piloto da força aérea e filho de um comerciante rico da cidade. Jacques levanta a moça no colo e carrega até a outra margem. Dali Patrícia segue ao encontro do pai e de Felipe, que o ajuda a explodir minas para cavar poços e encontrar água. 

Viúvo, pai de seis meninas, Pascal Amoretti enviou Patrícia para a cidade ainda pequena para que tivesse uma educação melhor, na companhia de uma senhora de posses. Quando sua protetora faleceu, Patrícia voltou para junto da família e passou a cuidar da casa e das irmãs menores. Orgulhoso da primogênita, Amoretti considera-a sua princesa e quer casá-la com alguém das redondezas, para que permaneça por perto. Felipe se candidata ao posto de genro de Pascal e é aceito, depois que revela possuir carro, uma casa e uma poupança. Só falta o consentimento de Patrícia, mas parece que seu coração não está mais disponível.

Na abertura de "A Filha do Pai" ouve-se a romântica "Core 'ngrato", cantada por Enrico Caruso (1873-1921). Mesmo quem não gosta do gênero há de se impressionar com a qualidade da voz do tenor napolitano, considerado por Pavarotti o maior intérprete de música erudita de todos os tempos. Ouvindo a canção queixosa, imaginei que assistiria a uma tragédia sem remédio e preparei o coração. Mas o escritor Marcel Pagnol costuma ser gentil com seus personagens. Ao conhecer as meninas Amoretti e o engraçado Felipe, interpretado por Kad Merad, senti segurança e esperei pelo melhor. Promissora a estreia do ator Daniel Auteuil na direção.

Diretor: Daniel Auteuil
Roteiro: Daniel Auteuil, baseado no romance de Marcel Pagnol
Musica: Alexandre Desplat
Fotografia: Jean-François Robin
Elenco: Daniel Auteuil,  Astrid Bergès-Frisbey, Kad Merad, Sabine Azéma, Jean-Pierre Darroussin, Nicolas Duvauchelle, Emilie Cazenave
Distribuidora: Europa Filmes

*** excelente
** ótimo
* bom
Sem Asterisco - interessante




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner