Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Priscilla, a Rainha do Deserto

The Adventures of Priscilla, Queen of The Desert * *
(1994) 103 min (16 anos)
(Agressão física, conflitos psicológicos, insinuação de sexo e temática com impropriedade)

Australia - Fabulosas, elas chegaram e conquistaram a todos. Este filme australiano incrivelmente criativo, visualmente maravilhoso e incomparavelmente divertido conta a história de três drag queens, desbravando a vastidão do deserto australiano. (capa do DVD)

Na verdade, "Priscilla, a Rainha do Deserto" conta a história de duas drag queens e uma transsexual. Bernadette Bassenger passou pela cirurgia radical e detesta ser chamada por seu nome de batismo (Ralph). Junto às amigas Mitzi Del Bra (Anthony) e Felicia Jollygoodfellow (Adam), atua num show transformista em Sidney. 

Anthony recebe um convite para fazer o show num hotel cassino na longínqua cidade de Alice Springs. Bernadette aceita participar para se distrair e esquecer a morte de seu jovem namorado Trumpet. Adam sempre quis se apresentar no King's Canyon, no centro da Austrália, maquiado, usando um vestido longo Gaultier, de paetês, salto e tiara. É dele a iniciativa de comprar um velho ônibus e batizá-lo de Priscilla. Assim começa a aventura dos três numa viagem de 30 horas e 2780 km de muitas peripécias.

Quem viu Terence Stamp como General Zod, em "Superman II" ou Sargento Troy, em "Longe Deste Insensato Mundo", talvez não pudesse imaginar a versatilidade do ator inglês. Numa entrevista ao BFI, Terence conta que "Beau Geste" (1939) foi o primeiro filme que assistiu. A imagem de Gary Cooper como um soldado da legião estrangeira causou forte impressão no menino de 4 anos. Depois de ter interpretado vários machões, Terence Stamp transforma Bernie numa senhora que se veste discretamente durante o dia, despreza fofocas e futilidades, bebe sem perder a classe e tem um soco poderoso. À noite a história muda. Com saltos altos, roupas coloridas e engraçadas, muito brilho, perucas e maquiagem, ela dança e dubla sucessos musicais junto aos colegas travestis. O dinâmico Adam é seu oposto, totalmente escandaloso, adora chamar a atenção. Anthony surpreende os amigos quando revela ser casado. O segundo segredo ele deixa para contar quando chegam na cidade de Alice Springs. O filme trata superficialmente a questão de identidade e orientação sexual dos protagonistas.

Assim como Terence Stamp, a dupla Guy Pearce e Hugo Weaving convence, tornando reais os transformistas australianos. O roteiro do filme mistura equilibradamente humor e drama. Guarda-roupa e maquiagem são divertidos e exuberantes, contrastando com a paisagem árida do outback australiano.  A fotografia é gloriosa, mas, para mim, coisa rara, o que tornou "Priscilla, a Rainha do Deserto" realmente inesquecível foi sua trilha sonora contagiante.

Curiosidades
* O personagem de Hugo Weaving baseou-se na drag queen australiana Cindy Pastel, que tem companheira e filho.

* Bill Hunter (que interpreta Bob) estava filmando "Priscilla" e "O Casamento de Muriel" ao mesmo tempo. Em cada um dos filmes ele precisava ter tamanhos de cabelo e barba diferentes. Além de precisar se deslocar de uma cidade para outra.

* Para marcar o local onde o ônibus estava enguiçado, Adam solta uma boneca inflável vestida de vermelho no meio do deserto. Depois dos créditos finais há uma cena rápida mostrando onde a boneca finalmente aterriza.

* O diretor Stephan Elliott faz uma pequena aparição como o porteiro do hotel.

Diretor: Stephan Elliott
Roteiro: Stephan Elliott
Musica: Guy Gross
Fotografia: Brian J Breheny
Elenco: Terence Stamp, Hugo Weaving, Guy Pierce, Bill Hunter, Julia Cortez, Sarah Chadwick, Mark Holmes, Rebel Penfold-Russell
Distribuidora: MGM

Trilha Sonora
1. "I've Never Been to Me" – Charlene
2. "Go West" – Village People
3. "Billy Don't Be a Hero" – Paper Lace
4. "My Baby Loves Lovin'" – White Plains
5. "I Love the Nightlife" – Alicia Bridges
6. "Can't Help Lovin' That Man" – Trudy Richards
7. "I Will Survive" – Gloria Gaynor
8. "A Fine Romance" – Lena Horne
9. "Shake Your Groove Thing" – Peaches & Herb
10. "I Don't Care if the Sun Don't Shine" – Patti Page
11. "Finally" – CeCe Peniston
12. "Take a Letter Maria" – R. B. Greaves
13. "Mamma Mia" – ABBA
14. "Save the Best for Last" – Vanessa Williams
15. "I Love the Nightlife" – Alicia Bridges
16. "Go West"  – Village People
17. "I Will Survive" – Gloria Gaynor
18. "Shake Your Groove Thing" – Peaches & Herb
19. "I Love the Nightlife" – Alicia Bridges

*** excelente
** ótimo
* bom
Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner