Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Bagdad Café


Out of Rosenheim * *
(1988) 91 min

O deserto de Mojave ocupa uma área de 65.000 km2 numa região árida do sudeste da Califórnia. É cruzado por duas linhas de trem e duas estradas. Dependendo do setor, os carros são raros. Chega a ser assustador imaginar-se enguiçando naquelas paragens, enquanto emaranhados de plantas rolam, levados pela brisa quente. Serão essas plantas fantasmagóricas a brassica mobile da foto em detalhe?



Pois é em meio a essa paisagem vasta e seca que Jasmin e o marido se desentendem. Ele parte de carro e ela fica na estrada. A alemã caminha até o Bagdad Café, onde encontra a geniosa Brenda, dona do bar-hospedaria. Aos poucos, com seu jeito suave, simpatia e engenhosidade, Jasmin vai cativando os clientes, hóspedes e proprietária, ao aceitá-los cada um a sua maneira.

A personalidade cativante da rechonchuda turista da Bavária é o centro de força e luz que apazigua o ambiente e conduz a história. Como uma fada-madrinha, vai trabalhando, dando atenção, despertando o que há de melhor nos novos amigos, permitindo que desenvolvam seus dons. Logo a ordem e a magia invadem o bar de beira da estrada.

Sempre me perguntei como um homem poderia abrir mão de tal companheira. Lembrando “Shirley Valentine”, em que o marido larga a rotina e parte para a Grécia, sentindo falta da esposa - como terá se virado o sr. Münchgstettner em Rosenheim?


O Bagdad Café existe. Fica em Newberry Springs, CA, cerca de 20 milhas a leste da cidade de Barstow. Originalmente chamava-se “The Sidewinder Cafe”. Depois do sucesso do filme passou a chamar-se "Badgad Cafe". Greg, morador do Arizona, sugere nos comentários do imdb que, se você passar na Interestadual 40, lembre-se de parar e sentar na mesma mesa perto da porta em que Jasmin tomava seu café.
“Calling You” deu o Oscar de melhor canção original para Bob Telson, em 1989.

Diretor: Percy Adlon
Roteiro: Eleonore Adlon, Percy Adlon, Dietrich von Watzdorf
Música: Bob Telson
Fotografia: Bernd Heinl
Elenco: Marianne Sägebrecht, CCH Pounder, Jack Palance
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner