Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

J. Edgar

J. Edgar *
(2011) 136 min (12 anos)


EUA - John Edgar Hoover foi diretor do FBI de 1924 até sua morte, em 1972. Formado em Direito aos 22 anos, começou a carreira pública na Biblioteca do Congresso Americano, tendo organizado seu sistema de fichamento. "Empregou-se logo depois no Departamento de Justiça onde sua carreira foi rápida. No ano de 1919 foi indicado para investigar estrangeiros suspeitos de subversão. Sua missão resultou na expulsão do país de um grande número de pessoas. Com o sucesso em seu trabalho, foi nomeado para trabalhar como assistente do diretor do FBI. Poucos anos depois, em 1924, Hoover tornou-se o chefe do Departamento." (wikipedia)

Edgar dedicou-se a modernizar a investigação criminal de acordo com critérios técnicos e científicos. Na época de sua morte, o Federal Bureau of Investigation tinha catalogado as impressões digitais de mais de 200 milhões de pessoas. Considerado o segundo homem mais importante da América, foi temido até pelos 8 presidentes a quem serviu durante sua vida pública. Já sua vida particular parece encobrir algum mistério. Apesar de sair com artistas de cinema, jamais se casou - morando na companhia da mãe enquanto ela viveu - e mantendo uma longa amizade com Clyde Tolson, seu herdeiro e segundo em comando na agência federal.

De acordo com o filme de Clint Eastwood, houve 3 pessoas importantes na vida de Edgar Hoover: a mãe dominadora e ambiciosa que desprezava homossexuais, Clyde Tolson e a secretária Helen Gandy, a quem J. Edgar Hoover confiou os arquivos mais secretos. O roteiro entrelaça fatos de todos os períodos de atuação do diretor do FBI, num constante vai-e-vem que quebra o ritmo da ação. O visual sombrio do filme emoldura uma personalidade complexa, patriota, obcecada pelo trabalho, insegura, autoritária, paranóica e sedenta de reconhecimento. Hoover ia às corridas de cavalo como válvula de escape. Era de tal forma temido que, quando perdia, suas apostas eram reembolsadas. A reconstituição das épocas abordadas no filme é primorosa, mesmo assim não está entre os meus favoritos do querido Clint.
Hoover e Leonardo DiCaprio


Diretor: Clint Eastwood
Roteiro: Dustin Lance Black
Musica: Clint Eastwood
Fotografia: Tom Stern (Além da Vida, Gran Torino, Romance e Cigarros)
Elenco: Leonardo DiCaprio, Naomi Watts, Judi Dench, Armie Hammer, Josh Lucas, Damon Herriman, Jeffrey Donovan
Distribuidora: Warner
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner