Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

domingo, 24 de junho de 2012

O Pior dos Pecados

Brighton Rock *
(2010) 111 min (14 anos)

Inglaterra, 1964 - É noite quando soa a buzina de um navio, gira a luz do farol da cidade de Brighton e uma onda maior se forma, desmanchando-se nas águas do mar. A campainha do telefone toca no corredor de um estabelecimento decadente mas ninguém atende. O velho Kite refugiou-se na cabine telefônica para pedir ajuda a seus cúmplices e saiu em disparada assim que dois homens surgiram da neblina. Inútil, ele estava cercado. Kite avança contra os rapazes do grupo do gângster Colleoni, mas é esfaqueado.

Os quatro criminosos da gangue de Kite ficam desnorteados com sua morte, querem vingá-lo e tocar o negócio de extorsão por conta própria. Mas sua vingança tem testemunha e cabe a Pinkie, o mais jovem do grupo, resolver o problema e eliminar as provas. Mais ele tenta, mais se enrola.

Qual é o pior dos pecados? A Bíblia ensina que orgulho foi o pecado original. Foi também a soberba que levou à queda de Lúcifer - o mais belo dos anjos - e é a falta de humildade a causa principal de nossas misérias e malfeitos. Com o adolescente Pinkie Brown não é diferente. Ambicioso, arrogante, quer ser temido, julga-se esperto, tem rosto de anjo e alma de demônio. Acuado, torna-se feroz; se necessário trai, mente e mata. Em seu caminho surgiu a desajeitada Rose Wilson. Tudo o que a carente garçonete da casa de chá Snows desejava era alguém a quem pudesse amar. Que ingenuidade pensar que Pinkie seria um candidato! Mesmo alertada por Ida Arnold, proprietária da Snows, Rose seguiu em frente na defesa daquele que dizia importar-se com ela.

A juventude e inexperiência de Pinkie e Rose chegam a ser comoventes e, em algum momento, tocaram os mais vividos Colleoni e Ida. Provavelmente ambos identificaram-se com os dois jovens, lembrando-se dos próprios erros do passado. É tão fácil errar quando a orientação e o exemplo estão ausentes! O diretor e roteirista Rowan Joffe conseguiu contar com arte essa história melancólica, tendo como aliados a fotografia elegante, um elenco afiado, além de cenários agradáveis.

Curiosidade:
* A cena final difere daquela do livro de Graham Greene, mas foi o próprio escritor quem colaborou no roteiro da primeira versão cinematográfica de sua obra (1947), portanto achou conveniente a mudança. Eu também! (mais detalhes no artigo de Stephen Holden para o New York Times)

Diretor: Rowan Joffe
Roteiro: Rowan Joffe, baseado em romance de Graham Greene
Musica: Martin Phipps
Fotografia: John Mathieson (Cruzada, O Fantasma da Ópera, O Som do Coração, Gladiador)
Elenco: Sam Riley, Andrea Riseborough, Helen Mirren, John Hurt, Philip Davis, Nonso Anozie, Andy Serkis, Craig Parkinson, Sean Harris, Geoff Bell
Distribuidora: Swen Filmes
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner