Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O Corvo

The Raven *
(2012) 110 min (14 anos)

EUA, 1849 - Edgar Allan Poe está sentado sozinho no banco da praça, sob os galhos nus de uma árvore, onde um corvo descansa. Autor de tantos contos misteriosos e mortais, não tinha imaginado tornar-se ele mesmo personagem de um enredo macabro, escrito por uma mente perversa.

Eis que um homicida sanguinário inspirou-se nas histórias de Poe para tramar seus crimes em série. Começa que a polícia de Baltimore é chamada para atender uma mulher no meio da noite. Seus gritos de socorro ecoam, enquanto os guardas correm pelas escadarias do prédio. Forçando a porta do apartamento, os policiais encontram a mulher já morta no chão. Por onde terá fugido o criminoso, se o aposento está vazio e a janela lacrada? Sem a ajuda de Edgar Poe, o detetive Fields não terá chance alguma contra o astuto assassino.

Antes de ver O Corvo, assisti em sequência três filmes medíocres e um tedioso, de diretor premiado. A frase-bordão de meu pai começava a se insinuar na minha mente: "Já não se fazem mais filmes como antigamente!" Sei que tal não é verdade, mas as palavras paternas me assombravam. Aí, do nada, surgiu O Corvo, que prende minha atenção logo nas primeiras cenas e me mantem em suspense até o fim. Que alívio! Sabemos fazer cinema, e como! De quebra, como bônus, traz à lembrança algumas belas frases do poeta americano, e dá vontade de reler seus contos macabros. O filme de James McTeigue ficcionaliza os últimos cinco dias de vida do escritor Edgar Allan Poe que, na realidade, foi encontrado vagando pelas ruas de Baltimore, em estado de delírio e estresse.

Curiosidade:
* Há duas versões a respeito das últimas palavras do verdadeiro Edgar Allan Poe antes de morrer: "Lord help my poor soul" (Deus ajude minha pobre alma) e "It's all over now: write Eddy is no more" (Está tudo acabado: escrevam Eddy já não existe). Na noite anterior a sua morte, pronunciou várias vezes o nome "Reynolds"; até hoje não se sabe a quem se referia.

Diretor: James McTeigue (V de Vingança)
Roteiro: Ben Livingston e Hannah Shakespeare
Musica: Lucas Vidal
Fotografia: Danny Ruhlmann
Elenco: John Cusack, Luke Evans, Alice Eve, Brendan Gleeson, Brendan Coyle, Kevin McNally, Sam Hazeldine, Oliver Jackson-Cohen, Pam Ferris
Distribuidora: Paris Filmes
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner