Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

50%

50/50 *
(2011) 99 min (14 anos)

EUA - Adam Lerner usa cores frias, não fuma, não bebe, não dirige. Há 27 anos ele obedece as regras, até quando se exercita pelas ruas de Seattle, pois só atravessa com o sinal verde para pedestre, mesmo quando não há carros à vista. Mas nada disso pode protegê-lo contra coisas ruins, não há garantias, e ele fica perplexo ao descobrir que é portador de um tumor maligno na coluna, devido a uma rara mutação no cromossomo 17. Há 50% de chances de cura no seu caso, lhe diz um dos médicos mais desajeitados da história do cinema.

Depois do choque inicial, Adam precisa contar a novidade para Kyle, seu melhor amigo, para a namorada Rachael e para sua mãe, cujas reações exageradas ele teme. Diane é exuberante, o oposto do filho contido, que rói as unhas. Depois de assimilar o diagnóstico de câncer, Adam sente-se estranhamente calmo, tão sereno quanto a montanha Moa-Moa, em cujo documentário ele trabalha, e que, na realidade, é um vulcão adormecido. 

Para lidar com essa crise, o jornalista é aconselhado pelo médico a procurar a terapeuta do hospital. Apesar de jovem e pouco experiente, a dra. Katherine McKay confronta Adam com seus sentimentos e mostra-lhe algumas verdades importantes sobre si mesmo. Esse auto-conhecimento torna-se uma conquista valiosa na vida de Adam. Terá ele tempo suficiente para usufruí-lo?

Kyle e os companheiros de quimioterapia de Adam sustentam o tom de humor que suaviza a carga dramática do filme. Seth Rogen (Kyle) efetivamente viveu essa experiência de acompanhar um amigo com câncer aos 20 anos. Seu jeito bem-humorado deve ter sido útil para os dois. Lembro do susto que senti ao ler o laudo do exame do meu irmão. Ele não havia percebido seu significado e me convidou para passear no Jardim Botânico. Assustada, disfarcei e recusei, pois queria confirmar imediatamente minhas suspeitas, submetendo o laudo ao meu marido, que é médico. Meu irmão sempre foi um atleta, nunca fumou ou bebeu, e, diferente de Adam, está muito em contato com os próprios sentimentos. Apaixonado por cinema, é um fiel leitor deste blog. Fico feliz que as terapias contra o câncer estejam evoluindo tanto. Depois de assistir 50/50, vale a pena ler a crítica de Roger Ebert (em inglês). Anna Kendrick está encantadora como a doutora Katherine McKay.

Diretor: Jonathan Levine
Roteiro: Will Reiser
Musica: Michael Giacchino
Fotografia: Terry Stacey
Elenco: Joseph Gordon Levitt, Seth Rogen, Bryce Dallas Howard, Anna Kendrick, Anjelica Huston, Serge Houde, Philip Baker Hall, Matt Frewer,
Distribuidora: Swen Filmes
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner