Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

O Ultimo Dançarino de Mao

Mao's Last Dancer *
(2009) 117 min (10 anos)

China - Niang e Dia eram camponeses muito pobres, que trabalhavam a terra na província de Shandong, durante a época da Revolução Cultural. O unido casal  chegava a passar fome com os 7 filhos homens, mas mantinham um lar alegre, onde as crianças aprenderam o valor do esforço e da esperança. Em 1972, seguindo instruções de madame Mao, oficiais do governo percorrem o país, escolhendo crianças flexíveis para receberem treinamento na escola de balé, em Pequim. Niang fica triste por separar-se de Li Cunxin, seu filho número 6, mas percebe que é uma oportunidade que ele não deve perder.

Li Cunxin estava com 11 anos quando deixou sua família. Na escola de dança a disciplina era severa, os alunos estavam sempre ocupados, praticando 16 horas por dia. O adolescente sentia saudades de casa e era pouco apreciado pelo encarregado dos exercícios. Mas na escola também havia o professor Chan, mais interessado em arte do que em política. Foi graças à orientação de Chan, admirador do balé clássico russo, que Li conseguiu superar uma constituição franzina e desenvolver a sensibilidade, tornando-se um talentoso bailarino. Escolhido pelo diretor do balé de Huston (Ben Stevenson) para um intercâmbio de 3 meses nos Estados Unidos, Li apaixonou-se por uma dançarina americana e pela liberdade, causando um incidente internacional.

Talvez por ter vivido a adolescência na década de 60, desenvolvi verdadeiro horror a controle da arte, da imprensa, e outros autoritarismos exercidos pelas ditaduras de todo tipo, inclusive as que adoram intitular-se "democráticas". Uma das primeiras vítimas destes regimes costuma ser a Verdade. O Último Dançarino de Mao parece ilustrar bem a situação na China à época da Revolução Cultural. O filme me fez lembrar de um outro, delicioso: Balzac e a Costureirinha Chinesa (2002). Imperdível.

Li Cunxin
Curiosidade:
* Os pais do ator Chi Cao, bailarino do Birmingham Royal Ballet, foram professores de balé de Li Cunxin na Academia de Dança de Pequim (Beijing). Foi o próprio Li quem sugeriu o nome de Chi Cao para interpretá-lo como adulto. Como Li adolescente foi escolhido Chengwu Guo, que teve uma história de vida semelhante, separando-se de sua família aos 10 anos. Os dois adquiriram uma base sólida e aprenderam a amar o balé. (the age)

Diretor: Bruce Beresford
Roteiro: Jan Sardi, baseado na autobiografia de Li Cunxin
Musica: Christopher Gordon
Fotografia: Peter James
Elenco: Chi Cao, Bruce Greenwood, Joan Chen, Ferdinand Hoang, Chengwu Guo
Distribuidora: California Filmes

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner