Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

sábado, 26 de maio de 2012

Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres

The Girl with the Dragon Tattoo * *
(2011) 158 min (16 anos- cenas fortes de conteúdo sexual, estupro)

blogdoheu
Suécia - Como todos os anos,  Henrik Vanger recebe uma flor seca emoldurada no dia do seu aniversário. O presente chega sem qualquer cartão. Henrik, ex-presidente das Indústrias Vanger, suspeita que sejam enviadas pela sobrinha Harriet ou por seu assassino. Há 40 anos atrás, quando Harriet estava com 16 anos, desapareceu da ilha em que morava com a família, sem deixar nenhum vestígio. Henrik Vanger contrata o desacreditado jornalista Mikael Blomkvist para descobrir o que teria acontecido com a sobrinha.  Blomkvist está numa fase difícil pois foi processado e condenado a pagar uma indenização milionária a um empresário corrupto.

Para ajudar o jornalista na investigação, o advogado de Henrik sugere Lisbeth Salender como assistente, uma hacker de 23 anos que está sob tutela do Estado. Os dois juntos enfrentarão criaturas sinistras e extremamente perigosas.

Na primeira versão de Os Homens que Não Amavam as Mulheres, foi a interpretação de Michael Nykvist como o  jornalista Mikael Blomkvist que se destacou na minha memória. Na versão atual, me impressionou a atuação de Rooney Mara como Lisbeth Salander. 

womanaroundtown
Surpreendentemente para um remake, a versão do americano David Fincher não deve nada à anterior. Assisti com o mesmo suspense e interesse da primeira vez. Por isso, foi o filme que escolhi para um dia de festejo duplo no By Star: 800ª postagem do blog e 39 anos de um casamento feliz com meu querido Paulo Cesar, companheiro de muitas sessões duplas, desde Teorema, que ele amou e eu detestei, a Drive, que ambos adoramos. Acho que compartilhar o amor ao cinema faz bem ao casamento.

Curiosidade:
* "De acordo com a viúva de Stieg Larsson, Eva Gabrielsson, o escritor teria testemunhado o estupro coletivo de uma jovem, quando era apenas um adolescente de 14 anos. Sentindo-se culpado por não ter ajudado a jovem de alguma forma, o autor, anos mais tarde, viria a exorcizar o sentimento de culpa criando uma personagem que, pelo menos na ficção, realizaria sua justiça (ou vingança, se preferir), além de servir como ferramenta alegórica de denúncia ao machismo e a violência contra a mulher, ainda tão presentes nas sociedades modernas. O nome da jovem que sofreu o abuso testemunhado por Larsson? Lisbeth." (JB) Contribuiçao de Tabibito-san para o By Star.

Diretor: David Fincher (A Rede Social, Seven)
Roteiro: Steven Zaillian, baseado no romance de Stieg Larsson
Musica: Trent Reznor, Atticus Ross
Fotografia: Jeff Cronenweth
Elenco: Mikael Blomkvist, Rooney Mara, Christopher Plummer, Stellan Skarsgard, Robin Wright, Joely Richardson
Distribuidora: Sony Pictures
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner