Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Razão e Sensibilidade

Sense and Sensibility * * *
(2008) 180 min (Livre) minissérie da BBC

historical tapestry
Inglaterra - Com a morte de Henry Dashwood, sua viúva e três filhas precisaram deixar Norland Park, no condado de Sussex. De acordo com as leis da época, apenas os filhos homens podiam herdar as propriedades. Instigado pela esposa Fanny, John Dashwood, filho do primeiro casamento do falecido, apressou-se em tomar posse da imponente mansão. Enquanto isso, Elinor, Marianne e Margaret seguiram a mãe viúva rumo a Devonshire, onde seu primo, Sir John Middleton, ofereceu-lhes um chalé à beira-mar, em troca de um aluguel modesto. 

Os gentis parentes em Devonshire mostram-se interessados em arranjar bons casamentos para as jovens primas. Elinor sentiu-se logo atraída por Edward Ferrars, o irmão mais moço de sua abominável cunhada Fanny. Quanto à impulsiva Marianne, atraiu a atenção de um dos vizinhos: o Coronel Brandon. Para decepção do Coronel, foi com o jovem Willoughby que ela descobriu afinidades. Sincera mas imprudente, deixou-se cortejar pelo sedutor Willoughby, levando todos a pensar que estavam noivos. Marianne é completamente romântica e sentimental. A irmã mais velha, Elinor, mais sensata e realista, procurou se preservar, já que Edward Ferrars parecia retribuir seu afeto mas não se declarava.

Sra. Dashwood e filhas
Pobres mulheres do princípio do século XIX! Um bom casamento era sua única chance de alguma independência e felicidade.

Muitos nomes para decorar? É assim mesmo. Condensar um romance de 50 capítulos em 3 horas dá nisso. Contudo, assistir cada uma das adaptações das obras de Jane Austen é uma aventura deliciosa. Pensa-se que não seria possível igualar ou superar uma versão anterior e eis que um roteiro atualizado e elenco diferente tornam a experiência docemente familiar e renovada. A atual produção está incluída no box O Melhor de Jane Austen, ainda à venda em vários sites da internet. 

the frugal chariot
A cena de abertura é um tanto sensual para estar numa obra da autora. Foi uma contribuição apimentada do roteirista Andrew Davies. Tal ousadia não se repete nas cenas seguintes. As locações são perfeitas. Amei o chalé próximo ao mar, tão rústico e aconchegante. Preferia mil vezes morar lá do que na grandiosa mansão Norland! O elenco de apoio é excelente, tornando os personagens reais e vibrantes. Geração após geração, como se multiplicam os talentos nos palcos britânicos!

Diretor: John Alexander
Roteiro: Andrew Davies, baseado no romance de Jane Austen.
Musica: Martin Phillips
Fotografia: Sean Bobbitt
Elenco: Hattie Morahan, Charity Wakefield, David Morrissey, Janet McTeer, Dominic Cooper, Dan Stevens, Lucy Boynton, Mark Williams, Linda Bassett, Claire Skinner, Mark Gatiss, Rosanna Lavelle, Anna Maddeley
Distribuidora: Logon
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner