Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Lucy

Lucy *
(2014) 116 min (16 anos)

Taywan - Lucy Miller não parece muito esperta, afinal ela namora Richard há uma semana e ele já está lhe fazendo um pedido muito suspeito. Richard quer que a jovem leve uma valise ao quarto de Mr. Jang, hóspede de um moderno hotel de Taipei. Mas o namorado não revela o que há dentro da maleta e Lucy recusa a oferta de 500 dólares para que a entregue. A cena é entrecortada com as imagens de uma gazela sendo cercada e atacada por uma chita. Sem qualquer escrúpulo, Richard acorrenta a maleta ao pulso de Lucy com algemas.

E se apenas Mr. Jang tem a chave, Lucy tem mesmo que encontrá-lo. Do lobby do hotel ela é levada por um grupo de homens truculentos até seu chefe sinistro. A jovem é interrogada e forçada a abrir a valise, onde há 4 sacos de cristais azuis. Depois é drogada e acorda com uma cicatriz no baixo ventre. Lucy e outros três mulas carregam os sacos de cristais que contem CPH4, uma nova droga sintética fabricada a partir da enzima que mulheres grávidas produzem na sexta semana de gravidez. 

Lucy e Richard
Essa substância funciona como uma bomba atômica para induzir a formação dos ossos do feto. Lucy e os outros homens devem introduzir o CPH4 em cidades da Europa. Prisioneira enquanto aguarda a hora de embarque, Lucy é agredida pelo carcereiro e a droga se espalha em sua corrente sanguínea. Sua mente adquire novas habilidades e o corpo torna-se invulnerável. Lucy se transforma em uma guerreira que absorve conhecimento e ganha poderes acima de qualquer humano.

Que filme! Por favor, não veja "Lucy" procurando falhas no roteiro ou consistência com verdades científicas. Aliás, os "fatos científicos" são fornecidos por Morgan Freeman, como Professor Samuel Norman, e o maior absurdo parece verdade quando enunciado por ele, num desempenho que me lembrou a narração hipnótica do naturalista britânico David Attenborough. 

"Lucy" não se baseia em fatos científicos, mas, antes mesmo de assisti-lo, ao ler sobre o filme em blogs de amigos cinéfilos, lembrei de todas as vezes em que estive grávida. A partir dos 3 primeiros meses da gravidez, passado os terríveis enjoos, sentia-me tão mais tranquila, completa e criativa! Pena que essa maravilhosa sensação não permanecia depois do nascimento do bebê... Mas não seria razoável que fêmeas grávidas ficassem mais espertas e calmas para construir o "ninho", passar boas sensações ao feto e se proteger até o parto? Assim sendo, achei bem possível a existência desta substância fantástica. O mais em "Lucy" é muita ação, tiroteio, direção alucinada pelas ruas de Paris e o rosto lindo e expressivo de Scarlett Johansson, ainda que pareça um autômato na sua fase poderosa. Um filme que diverte e faz o tempo voar.

Curiosidade:
* O roteiro levou 9 anos para ser feito. 

* Luc Besson sabe que não usamos apenas 10% do nosso cérebro.

* Durante a gravidez o cérebro da mulher encolhe 4%, e depois volta ao normal. Alguns cientistas acreditam que novas áreas do cérebro se desenvolvem e continuam a se desenvolver depois do nascimento do bebê.

Diretor: Luc Besson
Roteiro: Luc Besson
Musica: Eric Serra
Fotografia: Thierry Arbogast (Angel-A)
Design de Produção: Hugues Tissandier
Diretor de Arte: Gilles Boillot, Dominique Moisan, Stéphane Robuchon, Thierry Zemmour
Elenco: Scarlett Johansson, Morgan Freeman, Min-sik Choi, Pilou Asbæk, Amr Waked, Julian Rhind-Tutt, Analeigh Tipton
Distribuidora: Universal

*** excelente
** ótimo
* bom

Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner