Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Separados mas Iguais

Separate but Equal * *
(1991) 192 min (14 anos) feito para TV

"Juro obediência à bandeira dos Estados Unidos da América e à República que ela representa. 
Uma nação indivisível com liberdade e justiça para todos"

EUA, condado de Clarendon, Carolina do Sul, 1950 - De pé, com o braço esquerdo erguido e a mão direita apoiada sobre o coração, os alunos do colégio estadual Scott's Branch renovavam diariamente o juramento de fidelidade à bandeira americana. Mas as crianças experimentam pouco dessa afirmação de liberdade e justiça para todos. Os alunos negros de Clarendon percorrem até 10 km para chegar à escola, e ainda comem a poeira dos 30 ônibus que levam as crianças brancas para outros colégios. O superintendente acha isso natural, já que os brancos pagam mais impostos. 

Mas o reverendo J. A. Delaine, diretor da escola, não concorda e contrata os serviços de um advogado para elaborar uma petição ao Conselho de Educação do condado, em nome do pai do aluno Harry Briggs Jr. O pedido é simples: solicitação de um ônibus escolar fornecido, operado e mantido pelo distrito escolar nº 26 de Clarendon. 

Diante do desinteresse das autoridades educacionais, Delaine recorre à NAACP (National Association for the Advancement of Colored People) para levar o caso à Justiça.  O advogado Thurgood Marshall recorre até o caso chegar à Suprema Corte (1954). O governador do estado da Carolina do Sul contrata o famoso William B. Davis, o advogado dos advogados, para manter a situação em que cada estado decida o que fazer em suas escolas. Marshall não se intimida e invoca a 14ª Emenda para defender a inconstitucionalidade da segregação nos colégios americanos. Sete vezes a Suprema Corte negara esse pedido anteriormente. Tudo parecia perdido, mas o imponderável age de forma misteriosa. Com a morte do Chefe de Justiça, assume seu lugar na Suprema Corte o governador da Califórnia, o advogado Earl Warren, um homem sensível, dotado de habilidade política. O resto é História.

Além da força do tema e do fato de ser uma história baseada em fatos reais, "Separados, mas Iguais" traz um elenco apaixonado, liderado por Sidney Poitier e Burt Lancaster, em seu último desempenho nas telas. Em uma das cenas mais tocante do filme, crianças negras fazem um teste que comprova de que forma a segregação induz a uma baixa auto-estima. Mesmo se identificando como negras, todas escolheram bonecas brancas como as mais bonitas. A mini-serie traz muitas imagens de arquivos e é uma lição de historia que não deve perder quem se interessa pela luta pelos Direitos Humanos.

Curiosidade :
* Em novembro de 1990, pouco depois de encerradas as gravações, Burt Lancaster teve um forte derrame e ficou incapacitado pelos últimos 4 anos de sua vida. Pode-se dizer que encerrou com chave de ouro sua bela carreira.

* Em 1967, Thurgood Marshall, o advogado que era neto de escravos, tornou-se o primeiro juiz negro da Suprema Corte dos Estados Unidos.

Diretor: George Stevens Jr.
Roteiro: George Stevens Jr.
Musica: Carl Davis
Fotografia: Nicholas D, Knowland
Designer de Produção: Veronica Hadfield
Diretora de Arte: Gae S. Buckley (Livro de Eli)
Elenco: Sidney Poitier, Burt Lancaster, Gloria Foster, Richard Kiley, Cleavon Little, John McMartin, Ed Hall, Tommy Hollis, John Rothman, Lynne Thigpen, Graham Beckel
Distribuidora: Versatil Filmes

*** excelente
** ótimo
* bom

Sem Asterisco - interessante
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner