Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

domingo, 4 de julho de 2010

Tyson

Tyson * *
(2008) 86 min (14 anos)



"O que eu fiz no passado é história e o que farei no futuro é um mistério."

EUA -Imagine receber Mike Tyson na sua casa. Ele se instala no sofá e abre a alma, contando, da infância tumultuada às passagens pelos centros de detenção juvenis, o treinamento com Cus D'Amato, os casos e casamentos, vitórias e derrotas. A conversa flui ágil, intensa - velocidade e força - como os embates de Tyson. Mike adora falar e não se furta. Ilustrando suas palavras, muitas fotos, cenas de luta, entrevistas, filmagens de arquivo. O pugilista não consegue conter a emoção ao lembrar do guardião, amigo e treinador, Constantine D'Amato, que faleceu em 1985, um ano antes que seu protegido ganhasse o primeiro título. Tyson ainda sente falta de sua figura paterna, das citações e poemas que usava para inspirá-lo.

O documentário é um retrato emocionante e eloquente de um dos maiores lutadores de todos os tempos. A mídia revelou-nos o lado feroz do lutador, através deste documentário entrevemos a face humana e o retrato se completa. Vale destacar o maravilhoso trabalho de edição.

Curiosidades:
* O diretor James Toback relatou a reação de Tyson ao ver o filme pela primeira vez. Mike ficou em silêncio por vários minutos e depois comentou: "É como uma tragédia grega, só que eu sou o sujeito".

* O diretor queria entrevistar Tyson enquanto ele estivesse na reabilitação, porque ele sentiu que o lutador estaria com a cabeça mais clara e mais disposto a falar dos momentos difíceis. Mais tarde ambos decidiram que não haveria tópicos proibidos e que Mike não poderia opinar sobre a edição final.

* Para avaliar o efeito que "Tyson" teria nas audiências, James Toback perguntou a opinião do grupo demográfico oposto: mulheres brancas idosas que não gostavam de box. Pediu que viessem assistir o filme. Se saíssem depois de 5 minutos, receberiam 100 dólares. Se ficassem após os 5 minutos, teriam que permanecer até o fim da sessão e dar a Toback um completo feedback. De acordo com o diretor, nenhuma deixou a sala e várias estavam aos prantos ao final.

Diretor: James Toback
Roteiro: James Toback
Música: Salaam Remi
Fotografia: Larry McConkey
Edição: Aaron Yanes
Aparecem no documentário: Myke Tyson, Cus D'Amato, Trevor Berbick, Robin Givens, Evander Holyfield, Don King, James 'Buster' Douglas, Monica Turner



"Um menino veio a mim com uma centelha de interesse. Eu alimento a centelha e ela torna-se uma chama. Eu alimento a chama e ela torna-se um fogo. Eu alimento o fogo e ele se torna uma labareda crepitante."
inscrição no túmulo de Constantine D'Amato (17.01.1908 - 4.11.1985)
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner